O seu canal está preparado para vender?

treinamento vendas

[:pb]Neste momento de crise econômica, com orçamentos menores, devo reduzir minha oferta de treinamento para meus distribuidores e revendedores? Esta é uma pergunta que muitos gestores de canais estão fazendo. Na minha opinião, este não é o dilema verdadeiro. O que precisa ser revisto é a aplicabilidade do conteúdo e o formato como estes treinamentos estão sendo oferecidos.

Antes de cortar ou reduzir suas verbas para treinamento de vendas, vale a pena se perguntar: será que sua estratégia de capacitação não surte resultados por estar desconectada de um mundo onde tudo se aprende pelo Youtube e em que todas as informações são encontradas de forma imediata pelo Google?

É preciso inovar e ser criativo nas soluções. Investir em blended learning, mesclando a teoria no treinamento online, disponível a qualquer hora e lugar, com o conteúdo prático e aplicável no dia seguinte através do treinamento presencial. Na era da conectividade, é fundamental que o profissional tenha possibilidade de escolher o melhor momento em que irá ser treinado, optando pelo dispositivo em que isso deve acontecer, seja celular, tablet ou computador.

Mais do que procurar desculpas, é preciso vencer as objeções. O canal é proativo na busca de conhecimento? No Brasil existe cultura para treinamento online? Treinamento presencial apresenta pouco retorno sobre investimento? Não há mais espaço no mercado para negligenciar a demanda por capacitação por causa dessas questões.

Mesmo assim, muitas empresas estão diminuindo os investimentos dedicados a treinamento de vendas para seus canais de distribuição. É ainda mais controverso quando pensamos no cenário em que acontece: um momento econômico no qual as vendas precisam ser aceleradas e no qual os canais se tornaram mais relevantes para o atingimento de resultados dos grandes fabricantes.

Temos, então, canais de vendas mal preparados para atender a um público ainda mais exigente. Hoje, 80% dos clientes B2B já pesquisaram sobre seu produto na internet antes de entrar em contato com um de seus revendedores. Os canais precisam entender sobre o business desse cliente, conhecer cenários de negócio e desenvolver soft skills para vender suas soluções. Mas o que acontece se eles não forem treinados adequadamente para isso?

Sales Impact! tem experiência comprovada em impactar resultados de grandes marcas e seus canais, acelerando vendas através de serviços de Geração de Demanda e Gestão de Canais de distribuição.[:en]Neste momento de crise econômica, com orçamentos menores, devo reduzir minha oferta de treinamento para meus distribuidores e revendedores? Esta é uma pergunta que muitos gestores de canais estão fazendo. Na minha opinião, este não é o dilema verdadeiro. O que precisa ser revisto é a aplicabilidade do conteúdo e o formato como estes treinamentos estão sendo oferecidos.

Antes de cortar ou reduzir suas verbas para treinamento de vendas, vale a pena se perguntar: será que sua estratégia de capacitação não surte resultados por estar desconectada de um mundo onde tudo se aprende pelo Youtube e em que todas as informações são encontradas de forma imediata pelo Google?

É preciso inovar e ser criativo nas soluções. Investir em blended learning, mesclando a teoria no treinamento online, disponível a qualquer hora e lugar, com o conteúdo prático e aplicável no dia seguinte através do treinamento presencial. Na era da conectividade, é fundamental que o profissional tenha possibilidade de escolher o melhor momento em que irá ser treinado, optando pelo dispositivo em que isso deve acontecer, seja celular, tablet ou computador.

Mais do que procurar desculpas, é preciso vencer as objeções. O canal é proativo na busca de conhecimento? No Brasil existe cultura para treinamento online? Treinamento presencial apresenta pouco retorno sobre investimento? Não há mais espaço no mercado para negligenciar a demanda por capacitação por causa dessas questões.

Mesmo assim, muitas empresas estão diminuindo os investimentos dedicados a treinamento de vendas para seus canais de distribuição. É ainda mais controverso quando pensamos no cenário em que acontece: um momento econômico no qual as vendas precisam ser aceleradas e no qual os canais se tornaram mais relevantes para o atingimento de resultados dos grandes fabricantes.

Temos, então, canais de vendas mal preparados para atender a um público ainda mais exigente. Hoje, 80% dos clientes B2B já pesquisaram sobre seu produto na internet antes de entrar em contato com um de seus revendedores. Os canais precisam entender sobre o business desse cliente, conhecer cenários de negócio e desenvolver soft skills para vender suas soluções. Mas o que acontece se eles não forem treinados adequadamente para isso?

Sales Impact! tem experiência comprovada em impactar resultados de grandes marcas e seus canais, acelerando vendas através de serviços de Geração de Demanda e Gestão de Canais de distribuição.[:]

Por Marcelo Vidigal M. De Barros

CEO da Sales Impact!